Topic outline

    I
    II
    III
    IV
  • Apresentação da Pesquisa

    Desde 2017, sob orientação da professora Lucyenne Matos da Costa Vieira Machado,  pesquiso educação de surdos tendo como foco os congressos de surdos e os congressos de educação de surdos no final do século XIX na Europa. Para além do tão mencionado Congresso de Milão, há vários eventos:

    Congressos organizados por professores de surdos: Paris - 1878; Milão - 1880; Bruxelas - 1883; Paris - 1900.

    • Congressos organizados pelos surdos: Paris - 1889; Chicago - 1893; Genebra - 1896; Dijon - 1898; Paris - 1900.
    Servindo-me do referencial teórico metodológico foucaultiano, interessa-me problematizar o protagonismo surdo manifesto nestes eventos e sua relação com Ferdinand Berthier (1803-1886). Considero que tal protagonismo dos surdos se constituiu como contracondutas e resistências diante da norma que lhes era imposta pelo Estado quanto por metodologias utilizadas na educação.

    O que você encontrará aqui? Tenho vocação de garimpeiro! Nos últimos anos procurei via internet os documentos referentes aos congressos de surdos e de educadores de surdos. Aqui você encontrará dois glossários com os textos dos congressos e outros documentos a eles relacionados. Apesar de, na sua maioria, os documentos estarem em língua francesa, é um desafio para quem deseja avançar numa compreensão do passado ciente de suas possíveis implicações para nosso tempo. 

    Também disponibilizarei as dissertações do grupo de pesquisa que participo na UFES.  

    Ao longo do percurso/trilha do doutorado podemos utilizar de outras ferramentas aqui disponíveis. 

  • Congressos de Educação de Surdos

    O Congresso de Milão é, sem dúvida, no contexto brasileiro, uma referência constante acerca da oposição entre sinais e oralização. Mas, embora muito mencionado, o texto de Milão permanece desconhecido. A tradução apresentada na Série Histórica do INES, Volume 2, é apenas do relatório de Arthur Kinsey, responsável pela secretária anglofônica. Há vários relatórios sobre Milão e as Atas Oficiais redigidas pelo secretário geral Pasquale Fornari nas versões italiana e francesa. Ainda na Série Histórica do INES, Volume 5, temos a tradução da seção de ouvintes do Congresso de Paris (1900). Excetuando os documentos já traduzidos pelo INES, compartilho com você que se interessa pela área as atas e relatórios de Milão bem como dos outros congressos organizados por professores de surdos. Apesar de estarem em outros idiomas são fontes importantes para nossas pesquisas.

  • Congressos de Surdos

    Os congressos organizados por surdos no século XIX permanecem um terreno fértil a ser desbravado e problematizado. Se por parte dos professores de surdos tivemos de 1878 a 1900 cerca de 04 congressos sobre educação de surdos, por parte dos surdos tivemos a organização de cinco eventos. Aproximar-se destes documentos é poder narrar uma outra história que, apesar da já conhecida sobre o Congresso de Milão, põe em suspensão uma série de afirmações. 

  • Topic 4